Tendência que veio para ficar, os Coworkings são uma ótima opção para renovar o local de trabalho e iniciar 2021 de casa nova

Tendência que veio para ficar, os Coworkings são uma ótima opção para renovar o local de trabalho e iniciar 2021 de casa nova

 

Com benefícios atrativos para as empresas, o formato de trabalho oferece redução de custos, flexibilidade, impacto positivo na performance e networking que resulta crescimento e bons resultados no negócio

Com a chegada de 2021, a escolha por um ambiente de trabalho que ofereça benefícios sentidos no bolso, rendimento dos colaboradores e oportunidades de negócios para começar o ano com o pé direito, são o foco de empresas de diferentes áreas. Com tendência crescente no Brasil e acelerada em 2020 com a chegada da pandemia, os coworkings vem se destacando e tornando-se a escolha ideal de diferentes tipos de negócios, de pequenas a grandes empresas, com pacotes a partir de R$699,00 por posição. Locação de salas de reuniões uso temporário durante viagem de trabalho e até mesmo day use são opções de pacotes disponíveis no formato.

Em São Paulo, algumas empresas de coworking vem sentindo desde o ano passado o impacto cada vez maior deste movimento, comprovando o crescimento da área mesmo em um ano tão difícil para a economia. “Tivemos um aumento de 200% no número de posições ocupadas por novos clientes em nossas unidades. E percebemos que as empresas começaram a buscar este local de trabalho para poder ter a vantagem da redução de custos e desligamento de contratos tradicionais de locação, que são pouco flexíveis e caros, nos quais muitos deles tiveram que arcar com multas altíssimas de encerramento de contrato por conta da pandemia”, explica Patrícia Coelho, Diretora de Operações do Club Coworking, empresa brasileira de coworking, que afirma ainda possuir um contrato mais claro e flexível. “Aqui, se o cliente precisar aumentar ou diminuir de tamanho de um dia para o outro, nós conseguimos atender a demanda dele sem que ele tenha surpresas ruins na conta”, completa.

Os escritórios compartilhados entregam aos empresários – sejam eles de pequeno, médio ou grande porte – diversas conveniências em um só ambiente que inclui a possibilidade de ampliar as conexões por meio de networking entre empresas de diferentes áreas, além do acesso a um serviço completo, da internet sempre funcionando até o café fresquinho a toda hora, mantendo o foco total no crescimento do negócio e rendimento de trabalho. “Acompanhei essa tendência e me tornei cliente do Club e depois disso, sempre surgiram muitas oportunidades interessantes e que trouxeram crescimento mútuo, profissional e pessoal”, conta Mayra Fragiacomo, Managing Partner da Job Transition Consultoria em RH, que está alocada no Club Coworking desde a sua fundação e que por meio dele conseguiu realizar o sonho de empreender e fazer boas parcerias. “Percebo que trabalhar em Coworking traz para as empresas diversidade e pluralidade de negócios, além de fazer conexões com pessoas que podemos levar para vida toda”, completa.

O Club Coworking é uma das pioneiras no mercado a estimular essas conexões por meio de um setor totalmente focado em ajudar o cliente a ampliar as fronteiras do seu negócio. “Por meio do nosso Customer Success, ofertamos atendimento personalizado para gerar contato real entre os clientes, e incentivar que eles troquem experiências e aprendizado com quem sabe o que ele não sabe”, relata Patrícia. Além disso, por terem muitos residentes, uma grande estrutura e contratos mais longos de locação do espaço, os escritórios compartilhados conseguem uma ótima negociação de preço do aluguel em localizações privilegiadas e com diferentes tipos de planos, outra vantagem no formato de negócio. “Os planos dão a possibilidade para a empresa customizar seu vínculo com o coworking de acordo com suas necessidades, podendo usá-lo todos os dias ou somente alguns dias da semana. Desse modo, é possível ter um escritório profissional disponível sob demanda”, explica Patrícia.

Além da tendência, houve também uma mudança de perfis de profissionais alocados dentro dos coworkings, o que antes era somente empreendedorismo na web, de tecnologia, indústria criativa e novas mídias, hoje, os escritórios compartilhados contam com empresas de bancos, consultorias, escritórios de advocacia e até médicos. “Por conta das distrações do dia a dia na clínica médica, optei por utilizar o coworking para fazer reuniões de negócios, pré e pós venda, protocolo e acompanhamento de pacientes. Fechei uma sala e com a minha assistente conseguimos resultados ótimos. Sempre fazemos networkings e funciona muito bem, pois além de otimizar nosso dia, tenho uma localização perfeita e com muitos benefícios”, afirma Doutor Marcelo Zacarkim, cliente do Club Coworking.

Alguns coworkings também oferecem além de planos físicos, também virtuais, que atendem desde a demanda por um endereço comercial e fiscal (Basic) até o mais completo pacote com sala exclusiva, acesso ao aplicativo Club Coworking, funcionamento 24/7 incluindo 4h em salas de reunião, e alguns outros serviços como endereço comercial, gestão de correspondência e atendimento telefônico personalizado feito por secretárias trilíngues (Exclusive Room). Seja qual for o plano escolhido, todos os clientes podem utilizar as áreas comuns de qualquer unidade física para trabalhar.

Com isso, o mercado de coworkings se tornam cada vez mais conhecidos e com grande crescimento que mostra que eles vieram para ficar. Há diversas opções com planos diferenciados e para todos os gostos. A escolha ideal é aquela que atenda as demandas dos empresários e que sejam vantajosos para ambos os lados. Vale a pena se inteirar sobre o assunto e pesquisar o que faz mais sentido para seus negócios

Sobre o Club Coworking

Fundado em 2018, o Club Coworking é uma empresa nacional de escritórios compartilhados que tem como grande diferencial o atendimento humanizado de seus clientes e um trabalho ativo de conexão e network entre as empresas ali alocadas. Com dois endereços em importantes polos de negócios na capital paulista (Avenida Paulista e Avenida Faria Lima), a empresa oferece serviços para uma rede de mais de 4.000 clientes que buscam dinamismo, eficiência e modernidade em seus ambientes profissionais.

Parte do Grupo Virtual Office, presente há mais de 25 anos no segmento, o Club Coworking traz no DNA a excelência em atendimento e ambiente familiar do grupo, além de estar atento às demandas do mercado e dos novos empresários, que vão de startups de tecnologia a empresas de investimento preocupadas em se estabelecer em pontos comerciais de destaque e ampliar networking.

 

FONTE: Segs

Publique seus pensamentos

Posts Relacionados
Cinco detalhes para se atentar na hora de migrar para um Coworking

Cinco detalhes para se atentar na hora de migrar para um Coworking

Os coworkings, ambientes de trabalho colaborativos, têm atraído profissionais das mais diversas áreas - de…

10 dicas para um bom convívio em coworking

10 dicas para um bom convívio em coworking

As pessoas estão optando por espaços mais próximos da sua casa e em ambientes mais…

Deputados e senadores novos querem “coworking” no Congresso

Deputados e senadores novos querem “coworking” no Congresso

Espaço seria compartilhado entre senador e dois deputados federais Os parlamentares eleitos pelo movimento de…